cover
Tocando Agora:

Seminário discute o patrimônio cultural do Vale do Paraíba

Fonte: Isabella Bilard/Acom-Unitau

Seminário discute o patrimônio cultural do Vale do Paraíba
As questões do olhar

Durante os dias 22 e 23 de novembro, a partir das 18h, o Departamento de Arquitetura da Universidade de Taubaté (UNITAU) sedia o seminário “As Questões do Olhar”. O evento é gratuito, aberto ao público e realizado por meio do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Humano (MDH), dos cursos de História e de Arquitetura, em parceria com a Casa do Patrimônio do Vale do Paraíba, que é vinculado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

O seminário é desenvolvido periodicamente pelo Observatório da Paisagem do Vale do Paraíba, que é uma rede de profissionais e pesquisadores que atuam em instituições, órgãos públicos, instituições de ensino superior, arquivos, museus e fundações culturais que se dedicam ao estudo e à preservação do Patrimônio Cultural da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte.

“O objetivo principal do evento é promover a reflexão ativa sobre o patrimônio material e imaterial e a cultura e propor políticas públicas para a preservação da memória e do patrimônio cultural da região. Na UNITAU, teremos apresentações musicais, debates sobre museus, patrimônios e saúde mental e estudos de caso sobre preservação do patrimônio e educação patrimonial”, conta o Prof. Dr. André Luiz da Silva, docente do MDH e um dos organizadores do evento.

Outra proposta do encontro promover parcerias e articulações para integrar iniciativas isoladas da área, desenvolvidas na região, dando visibilidade e força a essas iniciativas. Ainda de acordo com o Prof. Dr. André Luiz da Silva, para a Universidade, o evento também tem uma grande relevância, uma vez que faz exatamente o que é a missão da universidade: reunir ensino, pesquisa e extensão.

“O encontro promove a interação da comunidade acadêmica com a sociedade em geral - setor privado, setor público, terceiro setor. É também uma oportunidade para a Universidade fazer uma devolutiva de suas ações de pesquisa, por meio do Mestrado em Desenvolvimento Humano, e de extensão, por meio do Projeto de Educação Patrimonial, para a comunidade”, afirma o professor.

Por fim, o professor destaca que o seminário vai permitir um momento de sociabilidade, com apresentações artísticas, culturais e de lazer, importantíssimos para estudantes, professores e funcionários da instituição.

Comentários (0)